O fim do fundo branco?

O fundo branco tem sido um padrão no e-commerce desde o lançamento da Amazon e do eBay, em 1995. Hoje, considerando que a percepção de ser único é importante para o marketing de uma marca de beleza, alguns estão rompendo com essa tradição.

É um admirável mundo novo para o marketing da beleza, onde a sorte pode favorecer o mais ousado e criativo.

Ser diferente é melhor do que ser simplesmente bom.

Marcas de beleza estão criando muitas imagens. A maioria são de boa qualidade, várias são lindas ou até inspiradoras. Mas, por causa de seu imenso volume, são facilmente esquecidas. Todos os dias, é feito o upload de dois bilhões de imagens nas redes sociais. Um paradoxo da era digital é que ela resultou em imagens de marketing em grande volume, mas com pouca originalidade.

Com tantas imagens para as quais olhar, começamos a discriminá-las de acordo com o que vale ou não a pena prestar atenção. Os dados mostram que estamos focando nossa curiosidade em basicamente dois tipos de imagens. São elas: as de interesse pessoal e as que nos mostram coisas que já vimos, mas de modo diferente. Pode-se dizer que a sensação de novidade, de um certo “frescor”, é talvez a característica mais importante que uma imagem de marketing forte deve ter nos dias atuais.

Com isso em mente, algumas marcas de beleza estão se afastando do venerável fundo branco do e-commerce.

Aesop
A Aesop adota uma abordagem moderna para o marketing de luxo. A marca prefere ser notada pelo design de seus produtos, lojas e ações de comunicação, ao invés de por anúncios e descontos promocionais.
Revlon
O fundo preto da Revlon envolve esta marca icônica numa atmosfera de autoconfiança e sofisticação. Destaques leves e intensos nas bordas dos produtos ajudam a separá-los do fundo. O entorno escuro faz as cores parecerem mais intensas e brilhantes.

Gutenberg escolheu branco.

Muito já foi escrito sobre as várias razões pelas quais a cor branca é a solução mais esteticamente agradável e eficaz para o e-commerce. Ainda assim, as motivações que a tornaram o padrão da indústria foram, em grande parte, práticas.

Nos primeiros dias da internet, quando a conectividade era possibilitada por um modem de 28k, o tempo de download era um fator significativo a levar em conta no projeto de sites. Remover os fundos das imagens ajudava a baixá-las bem mais rápido.

Ao pedir aos usuários para fotografar seus produtos num fundo uniforme, plataformas de fotos agregadas, como as gigantes eBay e Amazon, permitiram criar uma consistência visual. Para os varejistas, usar um fundo branco em todas as fotos simplifica a produção e dá mais flexibilidade ao design.

Certamente, a cor branca é de fato uma fantástica solução gráfica. Foi a escolha de monges medievais para criar seus magníficos manuscritos com iluminuras, e também de Gutenberg, ao imprimir vários volumes da Bíblia.

Red Earth
A Red Earth surgiu como uma alternativa às marcas convencionais. Na vanguarda das tendências de marketing, a empresa trouxe as imagens mais informais de suas redes sociais para seu site oficial.

159% menos “Curtidas”

Nos últimos 24 anos, poucos questionaram as desvantagens inerentes de usar a mesma cor de fundo que todo mundo usa. Hoje, 92% de todas as fotos de e-commerce mostram produtos num fundo branco. De ração de cachorro e ferramentas a brilho labial.

Já que essa cor é tão amplamente usada, é percebida como sendo comum, genérica. Porque tem sido usada há tanto tempo, também começa a ser vista como sem graça. De acordo com o “Search and Social Commerce Index” da DataPop e Kenshoo, um estudo que analisa mais de 40 varejistas e seus 2,9 milhões de produtos publicados, uma imagem de um produto com fundo branco gera 159% menos curtidas e re-pins (compartilhamentos no Pinterest) do que quando é usada qualquer outra cor do arco-íris.

Lauder
A Lauder cria a elegante ilusão de que seus produtos existem num espaço tridimensional, usando tons e sombras incluídas na pós-produção. Imagens adicionais na parte inferior criam uma apresentação forte para o produto.
Lauder Skincare
De acordo com a revista Fortune, Emily Weiss “silenciosamente transformou a Glossier numa das marcas mais inovadoras na área da beleza”. Os produtos são fotografados com a qualidade acidental encontrada nas fotos dos paparazzi, de 1950. Usar várias fotos do mesmo produto ajuda a enfatizar a ilusão do movimento e dá personalidade a cada produto individual.

Descobrindo o que nos interessa..

Quando as marcas de beleza transferiram suas estratégias de marketing para plataformas digitais, isso lhes permitiu reunir dados que não estavam disponíveis antes. A partir desses registros, perceberam que seus públicos preferem imagens de marketing que mostram produtos de uma maneira nova ou atípica.

A ideia de usar o tipo de imagens de marketing mais “curtidas” no mercado saturado das mídias sociais em todos os outros aspectos do marketing foi uma conclusão rápida. Hoje, muitas marcas de beleza criam fotos para o e-commerce tão atraentes e vívidas quanto as encontradas em páginas de revistas.

92% of all cosmetic brands
photograph their products
on a white background

What color
would help
your
brand
stand out?

Via U! creates beautiful marketing images in every color of the rainbow, including white, at a price everyone can afford.

New York – Worldwide

Recent Posts

Do you want
your brand to
look
extraordinary?

We could have a conversation to explore how to get the most out of your budget. How to create photography that speaks for what is that makes your brand special. It could be that we come up with ideas that make your visual messaging stronger and your products look fantastic.

It’s a small world. You can collaborate with us in New York, from any town in the world you call home, as if we were next door neighbors.

Let's talk

New York – Worldwide

Can we help create your marketing images?

Powerful marketing images at a price that fits your budget – Everywhere around the world.

Via U! creates beauty and product photography, video & motion.